A gravidez é um momento de muitas mudanças físicas e emocionais para a mulher e precisa entender a importância do pré-natal. Tudo o que a futura mamãe faz ou deixa de fazer durante os nove meses de gestação tem grande influência na saúde da mãe e do bebê.

Por isso a importância do pré-natal para receber acompanhamento médico adequado.

a importância do pré-natal

O pré-natal é o acompanhamento médico-obstétrico indicado para toda gestante.

É um cuidado que deve se iniciar antes da gestação (ou tão logo a gravidez seja descoberta) e vai até o pós-parto (puerpério), que é o período de 45 dias após o nascimento do bebê. 

De acordo com o Ministério da Saúde, a mulher deve realizar pelo menos uma consulta no primeiro trimestre, duas no segundo trimestre e três no terceiro trimestre.

A partir deste acompanhamento e dos exames realizados, é possível monitorar se o crescimento do bebê está adequado, assim como diagnosticar e tratar possíveis doenças da mãe e do bebê.

Dessa forma, a realização de consultas periódicas e exames tem grande impacto na redução de prematuridade e de complicações graves para a mãe.

Principais objetivos e a importância do pré-natal

  • preparar a mulher para a maternidade, informando sobre parto e cuidados com o bebê, incluindo amamentação;
  • fornecer orientações sobre hábitos de vida e higiene, sexualidade, atividade física e trabalho;
  • orientar sobre nutrição adequada, uso de vitaminas e prevenção de ganho de peso excessivo;
  • tratar as doenças existentes que possam interferir no andamento da gravidez e também prevenir ou tratar precocemente as doenças surgidas na gravidez, tais como hipertensão arterial, para reduzir os riscos para a mãe e o bebê;
  • orientação psicológica para a mãe;
  • orientações sobre vacinação na gravidez;

A assistência pré-natal é o primeiro passo para um parto e nascimento saudáveis, ou seja, ele faz a promoção e a manutenção do bem-estar físico e emocional ao longo do processo da gestação, parto e nascimento, além de orientações sobre amamentação e puerpério.

Participando do pré-natal, a gestante aumenta a possibilidade de ter uma gestação mais saudável e tranquila

Saiba mais sobre um pré-natal de qualidade na Unicef.